Tarefas do coordenador

Haverá um professor-coordenador para cada equipe de rondonistas da IES. O coordenador é, formalmente, o “líder” da equipe de rondonistas e o seu representante junto à Coordenação-Geral do Projeto Rondon.

 

 

AO COORDENADOR CABE:

 

• Ajustar, com as autoridades municipais, durante a viagem precursora, o plano de trabalho selecionado pelo Projeto Rondon, adequando-o às necessidades e à realidade do município onde a equipe irá atuar.

 

• Centralizar as interações com a Coordenação-Geral do Projeto Rondon de forma que seja o único interlocutor formal da equipe.

 

• Coordenar a condução dos trabalhos de campo.

 

• Manter o Projeto Rondon informado de quaisquer ocorrências que necessitem de intervenção da Coordenação-Geral.

 

• Coordenar a elaboração e a remessa do relatório dos trabalhos desenvolvidos pela equipe.

 

 Orientar os integrantes da equipe a:

 

• Tomar as vacinas necessárias, considerando a região da operação.

 

• Levar todos os remédios de uso pessoal em volume sufi ciente para o período da operação.

 

• Levar repelente e protetor solar.

 

• Limitar a bagagem a 20 kg.

 

• Respeitar os costumes e os hábitos das comunidades visitadas.

 

 Estas e outras informações estão publicadas no Manual do Rondonista, disponível no link "Downloads".

 

As responsabilidades da IES, bem como as do Ministério da Defesa, que coordena o Projeto Rondon, são estabelecidas no Termo de Cooperação, assinado pela autoridade maior da IES ou por representante por ela indicado e pelo Coordenador-Geral do Projeto Rondon.

RONDON

Ministério da Defesa - Esplanada dos Ministérios
Bloco Q - Cep: 70.049-900 - Brasília/DF

Fale Conosco

MINISTÉRIO DA DEFESA