16/07/2017

Dada a largada: Operação Serra do Cachimbo inicia oficialmente

O município de Guarantã do Norte foi o local escolhido para sediar a cerimônia de abertura da Operação Serra do Cachimbo. Os rondonistas, juntamente com autoridades políticas, militares e a comunidade local estiveram reunidos na manhã de sábado (15), no auditório da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte (UNIFLOR).

A cerimônia foi um momento dos presentes conheceram sobre a história do Projeto Rondon, que neste ano, comemora seus 50 anos. Criado em 1967 o Projeto nasceu com o objetivo de conduzir a juventude universitária a participar do processo de integração nacional. É nessa perspectiva que o Tenente-Brigadeiro Machado ressalta que em “seus 50 anos continua sendo um projeto atual, importante para a integração dos estudantes com a sociedade”. As operações têm por finalidade trazer benefícios duradouros às comunidades carentes e consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social coletiva.      

Seguindo a tradição de apresentações das IES, os rondonistas entoaram seu brado de guerra como forma de identificação da equipe. No evento também foram entregues os chapéus do Projeto para as autoridades e aos prefeitos e subprefeitos dos municípios que irão receber as ações sociais da Operação. Para o prefeito de Novo Mundo, Antônio Mafini, “a expectativa é muito grande, espero que seja um sucesso. Os rondonistas serão muito bem recebidos. Se Deus quiser vão criar mais uma família em Novo Mundo.” Esse também é o sentimento por parte dos rondonistas. O acadêmico Felipe Nassif Vivas, da Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Araraquara faz parte do Conjunto B e acredita que “o papel que a gente tem como universitário retribui na comunidade e a gente aprende”.   

  O governador do Estado do Mato Grosso, Pedro Taques, esteve presente na cerimônia de abertura e destacou que os universitários de várias partes do país “estão preocupados com o Brasil, preocupados com a concretização das políticas públicas que transformam o indivíduo em cidadão.” O governador agradeceu ao Ministério da Defesa e aos comandantes das forças pelo desenvolvimento do Projeto.

  

 

OPERAÇÃO CACHIMBO EM NÚMEROS

           A Operação Serra do Cachimbo conta com a participação de 190 rondonistas, de 19 instituições de ensino superior, que promoverão o desenvolvimento sustentável em sete municípios do Estado do Mato Groso (Guarantã do Norte, Terra Nova do Norte, Novo Mundo, Carlinda, Paranaíta, Nova Guarita e Itaúba) e dois distritos (Castelo de Sonhos e Cachoeira da Serra), ambos da cidade de Altamira, no Estado do Pará.       

            As atividades realizadas pelos rondonistas são ações que contemplam as áreas temáticas de cultura, direitos humanos e justiça, educação, saúde, comunicação, meio ambiente, tecnologia e produção e trabalho. Felipe Nassif Vivas da Unesp, acredita que essas atividades são válidas para que as comunidades tenham acesso ao Projeto, pois “fazendo oficinas eles podem ver como é importante o Rondon continuar e ter outras pessoas em outras operações para manter isso de pé”.

 

 Texto: 

Amanda Ferronato
Luidy André Lazzarotto Roncalio

 

 

Fonte: Comunicação Social da Operação Serra do Cachimbo

Compartilhe Imprimir

RONDON

Ministério da Defesa - Esplanada dos Ministérios
Bloco Q - Cep: 70.049-900 - Brasília/DF

Fale Conosco

MINISTÉRIO DA DEFESA